Feeds:
Posts
Comentários

Conheça os dez maiores mitos dos exercícios físicos

Muita gente acha que malhar com agasalhos ajuda a emagrecer, mas especialistas discordam.

No calçadão, na areia, nas academias. Haja ginástica para fazer bonito no verão. Mas será que o povo está malhando certo? O Fantástico convidou o professor de educação física João Pedro Werneck, especialista em fisiologia do exercício, para desvendar os dez maiores mitos que confundem as pessoas na hora de malhar.
Mito 1: abdominal faz perder barriga

“É um mito em que toda mulher cai”, João Pedro Werneck, que é coordenador do Laboratório de Fisiologia do Exercício da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

saiba mais

“Na hora em que você está fazendo, questiona se é verdade. Como não custa nada, fazemos mais um pouquinho. Na dúvida, acho que pecamos pelo excesso”, diz a comerciária Regina Bastos.
Pecamos mesmo. E a explicação é simples. “A perda de gordura não acontece de forma local e sim no corpo inteiro”, diz João Pedro Werneck.
Quer dizer: o abdominal fortalece a musculatura, mas, sozinho, não queima a gordura localizada especificamente na barriga, aquela que todo mundo quer perder.
"A melhor estratégia seria combinar os abdominais com exercícios de corrida ou bicicleta, em que temos um gasto energético maior", ensina João Pedro Werneck.
Mito 2: quanto maior o suor, maior o emagrecimento
"Suar muito durante a atividade física significa que estamos perdendo muitas calorias?", pergunta a administradora Cássia de Oliveira.
"Não necessariamente. O emagrecimento que acontece com o suor representa apenas perda de água e não realmente de gordura", responde João Pedro Werneck.
Mito 3: malhar de roupa preta, com agasalhos ou debaixo de sol forte emagrece mais
“Vemos muito por aí o pessoal todo encasacado, achando que assim vai emagrecer mais rápido. E isso não é verdade”, aponta a professora Marcela Cardoso.
“Já ouvi dizer que correr no sol é bom”, diz o economista Antônio Coelho.
“Isso é um mito. Correr em ambientes com temperaturas muito altas pode diminuir o seu desempenho físico. Consequentemente, você vai gastar até menos caloria para fazer uma atividade física”, explica João Pedro Werneck.
Mito 4: suor libera toxinas do organismo
“Dizem por aí que o fato de suar durante a atividade física ajudaria a eliminar toxinas do seu organismo. Na verdade, isso é um mito. O suor é, basicamente, água e alguns sais minerais”, desmistifica João Pedro Werneck.
Mito 5: o exercício só funciona quando sentimos dor no dia seguinte
“Antigamente eu achava que malhar tinha que arder muito. Tinha que pegar muito pesado”, conta a artesã Maria Tereza San Martin.
“É muito comum as pessoas ingressarem em um programa de exercício físico, começarem a sentir algumas dores musculares ao longo das primeiras semanas e quando passam a não sentir mais essa dor acharem que o exercício já está ineficaz. Parar de sentir dor é normal. É uma adaptação do músculo ao exercício que você começou a fazer”, afirma João Pedro Werneck.
Mito 6: o exercício só começa a funcionar depois de meia hora
“São programados exercícios com mais de 20 a 30 minutos porque menos do que isso, em intensidades moderadas, o gasto energético em uma sessão de exercícios é muito pequeno”, comenta João Pedro Werneck. É pequeno, mas existe. “Quem acha que a partir do 30º minuto é que começa a ter uma queima de gordura e acha que os minutos anteriores foram inúteis deve perder essa ideia, porque esses 30 minutos iniciais foram fundamentais e induziram ao gasto energético”, completa João Pedro Werneck.
Mito 7: é melhor não fazer nada do que ser atleta de final de semana
“Não é verdade. Você deve introduzir atividade física na sua vida mesmo que isso seja pelo menos de final de semana. A única coisa que recomendamos é que isso não seja feito em excesso. O problema são ‘outros’ atletas de finais de semana que querem compensar a semana inteira fazendo até quatro horas de atividade física em um ou dois dias”, alerta João Pedro Werneck.
Mito 8: subir escadas é suficiente para queimar gordura localizada
“Me disseram um dia que subir escada ajudava a emagrecer. Eu tomei isso como uma verdade universal”, diz a produtora cultural Lílian Sapucahy.
“As pessoas acham que só o fato de abandonar o elevador e subir dois, três lances de escada, eventualmente, duas, três vezes por semana, vai levar ao emagrecimento”, diz João Pedro Werneck.
Não é bem assim. Subir escada vale como complemento a outras atividades físicas, feitas de maneira regular.
Mito 9: não se deve beber água durante o exercício
“O que acontece é o contrário. A desidratação durante a atividade física pode fazer o desempenho diminuir”, comenta João Pedro Werneck.
“Sempre que eu quiser, posso beber água?”, questiona a enfermeira Renata Ribeiro.
“Sempre quando sentir sede. A sede é um bom parâmetro para você se hidratar durante a atividade”, aconselha João Pedro Werneck.
Mito 10: malhar em jejum emagrece
“Eu não como nada. Acho que eu estou errada”, diz a empresária Maria do Nascimento.
E está mesmo.
“As pessoas acham que malhar em jejum aumenta o emagrecimento. Na verdade, o jejum é perigoso. A baixa de glicose no sangue pode fazer você até desmaiar”, alerta João Pedro Werneck.
Então, nada de fazer exercício de barriga vazia e prefira alimentos leves.
Falando nisso, no nosso site, você encontra um especial sobre nutrição e atividade física.
“O que interessa mesmo para o emagrecimento é um balanço entre o que você come e o que você gasta de energia”, diz João Pedro Werneck.
Entre em forma com mais saúde!

Fantástico – Todos os programas – NOTÍCIAS – Conheça os dez maiores mitos dos exercícios físicos

Anúncios

Materia do Fantastico!!!!

 

Segunda-feira, 03/08/2009

Maquiagem de festa!

Supervisora de caracterização ensina a imitar visual das personagens

Título da Matéria

Aninha estava linda no dia de seu casamento! Além da beleza da atriz Juliana Boller e do deslumbrante vestido escolhido pelos internautas, parte do brilho da noiva se deve à maquiagem de Valeria Toth. A supervisora de caracterização da novela caprichou no visual da noiva e agora, dá as dicas para você imitar a maquiagem de Aninha. Ela também ensina a fazer os olhos bem marcados que fizeram Vanessa Giácomo receber elogios dos colegas de elenco durante as gravações. Confira!

A maquiagem de Aninha
“Usei uma sombra azul-clara muito leve da metade da pálpebra para fora, e outra, cor-de-rosa, da metade da pálpebra para dentro”, explica Valéria, sobre a maquiagem usada nos olhos da noiva. “Além disso, passei um pouco de sombra preta na raiz dos cílios, tanto na parte de cima quando na parte de baixo dos olhos. Por último, usei uma sombra vinho, com um pincel bem fininho, para realçar os olhos azuis da atriz”, completa a supervisora de caracterização.

Antes de tudo, Valéria aplicou uma base em spray em tom dourado na pele de Juliana Boller, e depois, usou blush cor-de-rosa nas maçãs e um batom da mesma cor. Aprendeu?

A maquiagem de Rosa
Diferentemente da romântica noiva, Valéria apostou em um visual mais sexy para Rosinha, a esposa desprezada de Zeca. “Ela está passando por uma fase em que quer se sentir bonita. Por isso, fiz os olhos dela esfumaçados”, explica. Valéria usou dois tons de preto nos olhos de Rosinha: primeiro, um preto mais claro na parte interna da pálpebra; depois, um tom mais escuro para a parte exterior, fazendo um olho bem “puxado”.

Valéria também dá a dica para fazer um esfumaçado bonito nos olhos: “Use um pincel de ponta arredondada, com cerdas compactas. E na parte de baixo do olho, pra disfarçar a sombra que caiu e ‘borrou’ a pele, capriche no pó! Pode até usar um pouco de talco, bem branquinho!”.

Se você perdeu o visual das personagens no casório, clique aqui e reveja a cena do casamento de Aninha!

Paraíso > Bastidores – NOTÍCIAS – Maquiagem de festa!

Adoro Maquiagem e isto faz nos muito bem quando estamos em dieta!

Beijinhos aos Fofos…-_’

Fat Princess

 

28/07/2009 – 10h47

“Fat Princess” estreia nesta quinta, por US$ 15

da Redação

Fat Princess (Playstation 3)

 

Depois de inúmeros adiamentos, a Sony finalmente bateu o martelo para a saída de “Fat Princess”, game multiplayer que consiste em resgatar princesas. O título sai nesta quinta-feira (30) na PlayStation Store, e custa US$ 15.
Em “Fat Princess”, o objetivo dos jogadores é invadir o castelo inimigo e resgatar sua princesa seqüestrada, enquanto paralelamente impedem que os adversários façam o mesmo. Para isso, é possível oferecer doces, bolos e outras guloseimas para que a donzela engorde e dificulte ser carregada, pois são necessários mais personagens para isso.
São até 16 participantes para cada lado, que podem trocar de classe quando quiserem, bastando mudar de chapéu – são cinco funções: guerreiro, arqueiro, mago, trabalhador e padre. Coletar recursos garante atualizações para as armas e defesas do castelo. Há dez mapas no total, divididos entre os modos single-player e multiplayer.

“Fat Princess” estreia nesta quinta, por US$ 15 – 28/07/2009 – PlayStation 3 – UOL Jogos – PlayStation 3

Tiro onda…

     

“Happiness depends upon ourselves.” Aristotle

S7300455

E pra nossa alegria…

Na beleza de ser um eterno aprendiz…(Gonzaguinha)

Todo mundo aqui já sabe que eu adoro dançar…e esta musica eu adoro…eu ligo ela e as vezes a solidão, as saudades da terrinha…qualquer outra coisa que nos deixa pra baixo…e aí me animo…

Graças a Deus eu tenho alegria na alma…então eu penso assim vamos sacudir este baixo astral…

 Aqui é verão…eeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

ツ da menos fominha ne?

ツ E tb adoro comer melancia no verão!

 

Salsa 2007 – Atila Amaral e Elaine Mickely

Merengue 2008 – Samara Felippo e João Ricardo Merengue


Salsa 2009 – Atila Amaral e Paola Oliveira

Ops…

Meninas e Meninos que me apoiam com tanta fofura…

Andei introspectiva, me levantando do sofá pra dançar e caminhando…mas nada de petipiriba de fechar a boca…só Jesus mesmo pra libertar e curar…

Não sei se irão perceber por minha maus traçadas linhas mais ando muito Feliz, meu paizinho melhorou, está outro, como expressei no milagre do outro post…

Deus tem falado através de pessoas amigas, do seu universo tão lindo, natureza e passarinhos cantando…então estou amando e feliz, mas nem isto me faz conseguir driblar a ansiedade, e a compulsão alimenticia…

Já passou por algo assim, está alegre come pra comemorar, está triste se afoga na comida…fora encher a cara de pão com o instestino preso como eu…ou de docê (sou doçolatra) até passar mal do estomago com tanta gordura e porcaria…

Horrivel ne gente? Não sigam meu exemplo…tá cheio de blogs por ai com gente vitoriosa, com força de vontade e se sentido super bem consigo próprio…mas por favor não se esqueçam de mim e veiam dar um oizinho…e contar a novis ok…

Fiquem com Deus…

Beijinhos – _’